Sistema de Pressurização de Água

 

   

O sistema de pressurização de água trata-se de um sistema dotado de um Pressurizador, sendo bomba + tanque membrana/pulmão específico.

Tem como objetivo, pressurizar ou manter pressurizado uma rede/linha de água. Redes estas utilizadas, por exemplo, na distribuição de água nas grandes cidades.

O equipamento do sistema de pressurização (pressurizador), como o próprio nome sugere, serve para manter uma tubulação de água constantemente sob pressão.

Este equipamento é utilizado tanto por órgãos públicos de distribuição de água, bem como em condomínios horizontais e verticais.

No caso do DAE (Departamento de Água e Esgoto), este equipamento coleta a água do reservatório da ETA (Estação de Tratamento de água) e “manda” a mesma à longas distâncias (Km) até reservatórios estrategicamente localizados nos pontos mais altos da cidade. Como a ETA não “enxerga” se os reservatórios superiores foram ou estão cheios, a medição de pressão e de que se deve ou não mandar água é por meio de pressostatos e medição da vazão, bem como demanda de horário.

Em cidades planas, onde não se convém ou é possível instalar reservatórios superiores, a distribuição da água é realizada por meio de Pressurizadores Industriais de grande porte que mantém a água sob pressão nas tubulações, forçando-se então a chegada da água na residência/indústria/cliente.

A medida desta pressão d’água entregue pode ser medida tanto em mca como em Bar. Por volta de 4 Bar, é o que é geralmente entregue pelos DAE’s, dependo muito de cada rede e demanda de consumo.

No caso particular dos Condomínios, o Pressurizador de Água pode solucionar os seguintes problemas:

 

Problema 1:

A Torre do Condomínio Vertical não possui reservatório/caixa d’água superior, por ser uma edificação muito antiga e ser inviável instalar-se uma devido à altura do edifício, bem como dificuldade da estrutura que não suportaria tal peso no topo.

 

Solução 1:

Neste caso, instala-se o Pressurizador no Térreo ou Sub-solo da Torre. Este com apoio de um reservatório inferior “manda” a água e a mantém pressurizada, assim ao abri-se a torneira no apartamento do ultimo andar da Torre a água terá pressão constante e uniforme, independente do reservatório superior não existir, resumo, solução com menor custo e sem perigo da estrutura da edificação não suportar o peso do reservatório superior.

  

Problema 2:

A construtora instalou uma rede para atender à todas as Torres do Condomínio vertical, dificultando-se assim a distribuição equilibrada de água nas mesmas, já que o condomínios verticais devem por solicitação do DAE possuir reservatório inferior e por conta própria, bombear a água para as Torres.

 

Solução 2:

Neste caso, o pressurizador com apoio de um reservatório inferior, manda e mantém pressurizada a água na rede do condomínio, assim, a cada queda de pressão na rede o pressurizador liga e mantém pressurizada. Assim a distribuição da água é uniforme entre todas as torres abastecidas pela mesma e única rede de água interna.

 

Problema 3:

Mesmo possuindo um reservatório superior na Torre do Condomínio Vertical, a pressão da água é baixa aos apartamentos logo abaixo localizados, isso devido instalações antigas ou mal dimensionadas.

 

Solução 3:

Neste caso, o pressurizador é instalado no topo da Torre do Condomínio, ao lado do reservatório superior e por sua vez injeta/pressuriza a água de cima para baixo, já que o próprio peso da água contida no reservatório superior não é o suficiente para uma boa pressão de água aos apartamentos logo abaixo da mesma.

 

O Pressurizador é um sistema inteligente muitas vezes microcontrolado ou com relé dedicado de supervisão, basicamente dotado de Bombas Centrifugas, mas com sistema que mede a pressão da água na tubulação.

 

    O sistema pressurizador trabalha da seguinte maneira:  

    O usuário ajusta a pressão desejada da água, por exemplo, 4 Bar, o pressurizador então injeta água na rede até que a pressão chegue na faixa ajustada pelo usuário (4 Bar), neste momento o pressurizador desliga-se e aguarda até que a pressão caia até o ajuste de pressão inferior, por exemplo 3 bar. A queda de pressão na rede d’água dar-se devido ao reservatório superior ter acionado a bóia e solicitado água.

    E assim o pressurizador liga/desliga conforme a demanda de pressão na rede de água, mantendo-se como exemplo acima uma pressão de água entre 3 e 4 Bar.

    O Pressurizador é dimensionado/instalado com base em cada caso (“cada caso é um caso”), pois leva-se em conta a quantidade de apartamentos, moradores, demandas, quantidade de torneiras, quantidade de chuveiros, etc, pois se mal dimensionado, não atenderá à demanda e não solucionará o problema da pressão d’água para os Condôminos.

 

 

 

                                           (Exemplo de instalação em Condomínio)

 

 

A Engenharia Eletrotécnica presta serviços de projeto e consultoria para Sistemas de Pressurização de Água, bem como indicação de pessoal qualificado para a instalação e distribuidores dos materiais necessários à implantação de tal sistema, obtendo-se desta forma redução de custos na instalação.


 
Soluções sob medida para indústrias que procuram inovar na tecnologia de seus equipamentos.

                    Inovação